Blog

Por Amor de Seu Nome - Parte Dois

Na primeira parte, determinamos que ao invés de desenvolver uma teologia bíblica de missões, a verdadeira natureza divina indica que nosso melhor enfoque é desenvolver uma teologia missional da Bíblia. Para fazermos isso, vamos analisar os componentes da “Declaração do DNA” da Crossover, que diz: 



O primeiro componente do nosso DNA – e de uma teologia missional da Bíblia – é a motivação “Doxológica” por missões: “A Crossover Global procura glorificar a Deus de forma apaixonada”. Doxaé uma palavra grega que significa “glória”. Algo que é doxológico tem, por natureza, a intenção de “dar glória”. Nossa motivação e nossa paixão é glorificar a Deus! Isso é o que nos move. Acreditamos e nos alegramos na profunda realidade que Deus “porque Deus nos escolheu nele [Cristo] antes da criação do mundo... conforme o propósito da sua vontade, para o louvor da sua gloriosa graça... a fim de que nós, os que primeiro esperamos em Cristo, sejamos para o louvor da sua glória.” (Ef 1:4,5,12 NVI; ênfase própria). Como filhos de Deus temos um chamado original e uma identidade: somos adoradores! Existimos para o louvor da glória de Deus em todas as áreas da vida. Deus nos projetou para sermos adoradores e o DNA que Ele implantou em nós determina que devemos ser internamente motivados para declarar, exaltar e louvar o nome de Jesus. 


O Salmo 96 tem duas funções, ser um foco de luz bem como uma lente de aumento sobre essa motivação doxológica. Os versos três e quatro são especialmente ilustrativos:


“Falem da sua glória às nações; contem a todos os povos as coisas maravilhosas que ele tem feito. O Senhor é grande e merece todo o nosso louvor; ele deve ser temido mais do que todos os deuses” (NVI)


Como adoradores, queremos glorificar a Deus da maneira que Ele planejou. Isso significa que enquanto nós desejamos profundamente glorifica-lo em todas as áreas da vida, temos a paixão por glorificá-lo entre todos os povos do mundo. Isso é o “privilégio imperativo” do versículo três: “ Falem da sua glória às nações, contem a todos os povos as coisas maravilhosas que Ele tem feito”. Assim, junto com a nossa motivação interior (existimos para sua glória; fomos criados com esse propósito), agora podemos adicionar uma motivação à nossa lista (Deus nos ordena a falar de sua glória e a glorificá-lo) e um “local” (entre todos os povos).


Mas por que nos preocupamos de forma tão profunda sobre a glória de Deus em todas as áreas da vida e entre todos os povos da terra? A razão fica clara no versículo quatro: “porque o Senhor é grande e merece todo o nosso louvor!”  O Deus glorioso que criou o universo e disponibilizou salvação por meio de Cristo é digno de ser proclamado, conhecido, e adorado por pessoas de todos os grupos étnicos, hoje e para sempre! Seu VALOR SINGULAR é o que conduz e motiva nossa doxologia. No caso da Crossover Global, é o que nos leva a plantar igrejas multiplicadoras entre os povos não alcançados; e esse é o componente do nosso DNA que vamos analisar na próxima vez.


João Mordomo


108 views

© 2020 Crossover Global, all rights reserved | We are a 501(c)(3) tax-exempt organization. | Donations are tax-deductible as allowed by law | Privacy Policy